Latinoware 2015 - Depoimento de participantes

Foz do Iguaçu - PR - Três dias de evento, mais de 4.000 participantes e 200 palestrantes: essa foi a Latinoware 2015, a Conferência Latino-Americana de Software Livre. Dos muitos participantes, vários fizeram questão de deixar uma mensagem para os que ainda não tiveram a oportunidade de conhecer o maior encontro de "nerds" da América Latina.

Allan, participante de Itaporã, Mato Grosso do Sul, onde leciona robótica, testemunha: "A Latinoware está ficando cada vez melhor, né? Faz cinco anos que eu venho nesse evento. Teve um espaço bem maior, eles fizeram uma... tem bem mais lugar para palestras, e a organização está cada vez melhor". "Todo ano tem sempre coisa nova. Eu venho para cá... eu comecei a vir quando eu era estudante ainda, então eu vinha junto com a faculdade. Eu continuo vindo até hoje, sempre, para estar atualizado, porque sempre, quando você vem aqui, além das palestras, você sempre encontra alguém que tem alguma coisa nova para te passar, tecnologia nova que tá acontecendo, esse tipo de coisa", complementa.

Samuel Moraes, da Comunidade Mozilla, veio do Rio Grande do Sul para a Latinoware 2015, e conta que "para a Mozilla a Latinoware foi o evento prioridade, assim como a Campus Party e alguns poucos eventos no Brasil. O pessoal da Latinoware é muito agitado, e um pessoal com um conhecimento um pouquinho avançado, então a gente precisa fazer várias atividades muito legais com o pessoal. O pessoal interage bastante, e assim como a gente esperava, este ano não deixou a desejar. Superou as expectativas, com certeza".

Vindo do Espírito Santo, da cidade de Vitória, onde atua como instrutor de robótica educacional junto à Secretaria Municipal de Educação, Tiago Ribeiro Santos é fundador do Clube de Robótica e Automação de Arduíno, no Estado, e nos disse: "Eu agradeço que, antes de tudo a organização do evento, foi uma oportunidade boa, né, da gente poder falar sobre o nosso trabalho. A princípio a gente é um grupo de robótica, a gente tem um grupo lá no meu estado, e aqui a Latinoware está sendo incrível. Estou tendo bastante oportunidade de apresentar os nossos projetos, inclusive sobre robótica e meta reciclagem, e está tendo bastante recursos, bastante eventos, bastante cases, alguns assuntos bastante interessantes, inclusive falando sobre a robótica voltada para a área feminina, de atuação das mulheres na área de robótica. Eu espero, eu acredito que daqui algum tempo a gente vai continuar a ter bastante pessoas incluídas, inclusive qualquer pessoa, né, se incluiria nesse meio social. É um objetivo nosso, na verdade, um objetivo pessoal meu, mesmo, pessoal. Eu me veria bastante feliz se eu visse que cada escola do Brasil, todas as pessoas tivessem acesso à tecnologia. Então, a Latinoware está sendo um evento muito bom para a gente divulgar o nosso trabalho, divulgar essa questão mesmo da inclusão digital, e social em todos os meios da nossa sociedade".