Lideranças de Céu Azul unem-se contra o custo do pedágio

Geral
Ferramentas
Estilo

Céu Azul - PR - Reunião nesta terça-feira (19/1/16), no gabinete do prefeito em exercício João Betto, tratou do envolvimento do município no movimento liderado pelo Programa Oeste em Desenvolvimento, que busca mudanças no modelo dos contratos de pedágio.

O alto custo das tarifas na BR-277, único corredor rodoviário que liga o Oeste do Paraná ao Porto de Paranaguá, vai ser debatido e questionado na próxima sexta-feira (22), às 15h, em reunião no auditório do Sest-Senat, em Foz do Iguaçu. Deputados, prefeitos, vereadores e representantes da comunidade dos 50 municípios da região vão discutir o atual modelo dos contratos de concessão e pedir uma revisão nos valores, que impactam diretamente no valor da produção agrícola e agroindustrial.

O valor do frete por tonelada, entre o Oeste e Paranaguá, é hoje de R$ 90, dos quais só o pedágio representa R$ 20,00, ou 22% do total. Durante o evento, será redigida uma carta com o posicionamento do Oeste paranaense ao governador Beto Richa. E, ainda, será apresentada uma campanha de mídia que reivindicará a antecipação da revisão dos contratos de concessão, com vencimento em 2021, levando em consideração os custos, as taxas de retorno e os investimentos.

Segundo Betto, Céu Azul está organizando uma comitiva de lideranças para participar da reunião de Foz do Iguaçu. “Os números não deixam dúvidas. O impacto do alto custo do pedágio nas atividades produtivas da região nos motiva a engrossar fileiras na sugestão de mudanças deste modelo que tem onerado o cidadão”, disse.

O prefeito licenciado, Jaime Basso, já manifestou que também apoia o movimento. A mesma posição compartilhada pelo ex-prefeito Rogério Pasquetti; pelas presidentes da Associação Comercial e Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Marilza van der Sand e Rosicléa Michaelsen, respectivamente. Participaram ainda da primeira reunião o diretor de indústria e comércio, Mário Picoli e o empresário Paulo Sima, além do chefe de gabinete Paulo Stadler, que está organizando a lista de integrantes da comitiva que vai a Foz do Iguaçu. Os interessados em participar do evento devem procurar Stadler na Prefeitura.

Assessoria - Foto: Divulgação

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar