Tempo de Crescimento do Tucunaré

Ferramentas
Estilo

O tucunaré pertence à família dos ciclídios (Cichlidae). Existem aproximadamente 1533 espécies ciclídeos, e cerca de 81 ocorrem no Brasil (KULLANDER, 1988). Dentre estas, existem 15 espécies de tucunarés descritas, as mais conhecidas difundidas pelo Brasil são o tucunaré-azul - Cichla piquiti e tucunaré-amarelo - Cichla kelberi, presentes em praticamente todos os estados brasileiros com exceção de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, são as espécies que mais movimentam a pesca com iscas artificiais.

Deste modo, é importante conhecer sua biologia para podermos preservar a espécie que se estabeleceu na maioria das represas, onde os peixes nativos se tornam escassos pela mudança de ambiente e por não poderem mais se reproduzir. O tucunaré hoje movimenta um grande mercado, da pesca, turismo e lazer.

Em estudo recente a Universidade Federal de Goiás apresentou o trabalho intitulado, Determinação da Idade e Crescimento, através do estudo de otólitos de tucunaré-azul e tucunaré-amarelo, no reservatório de Serra da Mesa (GO) por Carollinny Vilas Boas dos Passos.

Para determinação da idade são retirados os otólitos, que são estruturas encontradas na cabeça do animal, tem por característica formar anéis de crescimento com o passar dos anos. Dessa maneira é possível determinar a idade dos indivíduos a partir da contagem dos anéis.

Assim determinamos a idade dos indivíduos desta maneira:

Anos e comprimento médio para o Tucunaré Amarelo:
2 anos - 24cm
3 anos - 30,42cm
4 anos - 34, 14cm
5 anos - 41, 51cm
7 anos - 42,79cm

Foi estimado o valor de 46,61cm para o tamanho máximo da
espécie no local.

Anos e comprimento médio para o Tucunaré Azul:
1 ano - 11,84cm
2 anos 21,35cm
3 anos - 27,86cm
4 anos - 36,84cm
5 anos - 43,88cm
6 anos - 48,10cm
7 anos - 51,06 cm
8 anos - 56,46
9 anos - 60,03cm

Foi estimado o valor de 78 cm para o tamanho máximo da espécie no local.

O comprimento encontrado para a primeira idade de C. piquiti no reservatório de Serra da Mesa foi de 11,84cm, e o comprimento total da primeira maturação (reprodução) foi de 30,5cm para ambas as espécies.

Com os dados apresentados, podemos ver que nossos troféus demoram vários anos para crescer, recuperar os estoques de grandes peixes leva tempo.

Por isso precisamos preservar hoje, cuidar de nossos rios e lagos e praticar o pesque e solte. Seja um pescador Cota Zero.

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar