Cope apreende explosivos capazes de detonar 100 caixas eletrônicos

Segurança
Ferramentas
Estilo

CURITIBA - PR - Mais de cinquenta quilos de explosivos foram apreendidos em uma casa em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (29), em uma ação do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) – unidade de elite da Polícia Civil do Paraná.

A quantidade encontrada é suficiente para explodir 100 caixas eletrônicos. Os explosivos foram encontrados em uma das casas usadas por uma quadrilha especializada nesta atividade criminosa. “A quantidade de explosivo revela que esta era uma quadrilha que usava armamento pesado e extremamente perigosa, especializada e atuante não só no Paraná, mas também em outros estados do Sul e Sudeste”, avaliou o secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita.

INÍCIO - Os integrantes da organização criminosa foram presos pelo Cope no início do mês em Campo Largo e em São Luiz do Purunã.

No dia 4 de novembro, policiais do Cope prenderam três pessoas suspeitas de integrar a quadrilha envolvida em explosão de caixas eletrônicos nas regiões Sul e Sudeste do País. Eles estavam na BR-277, dirigindo-se para o Interior do Paraná possivelmente para explodir mais caixas eletrônicos

Com eles, foram apreendidos três fuzis, 300 cartuchos de munição para fuzil, cinco pistolas, seis coletes balísticos, 12 balaclavas, oito quilos de explosivos, 37 espoletas, além de cerca de 20 quilos de entorpecentes (crack, cocaína e maconha) e dois veículos (Hilux e Fiesta)

Após as prisões, o Cope continuou a investigação e chegou aos locais onde a quadrilha deixava os equipamentos usados nos crimes. “Esta quadrilha usava dinheiro roubado nas explosões de caixas eletrônicos para comprar pequenos terrenos e casas na Região Metropolitana para guardar os equipamentos usados e também lavar dinheiro”, explicou o delegado titular do Cope, Rodrigo Brown. Os explosivos foram encontrados em uma caixa de água de uma das casas

Além dos explosivos, os policiais civis apreenderam nesta terça-feira três armas - dois revólveres calibre 38 e uma espingarda calibre 32 -, e placas de veículos clonadas, além de encontrarem um caminhão roubado.

Na casa de Isabelle Cristini de Moura, de 26 anos, foi apreendida a espingarda. Ela foi detida em flagrante por porte ilegal de arma. Os mandados de busca, expedidos pela Justiça, foram cumpridos em Curitiba e região metropolitana.

Foto: Divulgação SESP

 

 

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar