Prefeitos tiram dúvidas sobre repasses de ICMS pelo Estado

Política
Ferramentas
Estilo

FOZ DO IGUAÇU - PR - Os prefeitos eleitos para a gestão 2017-2020, que participam do encontro que está acontecendo em Foz do Iguaçu, têm a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre os repasses de recursos de ICMS que são feitos pelo Governo do Paraná aos municípios. No estande da Secretaria da Fazenda, eles são informados sobre a transferência semanal de 25% do imposto arrecadado, a chamada cota-parte, e sobre o índice estabelecido para cada município do Estado.

“Desde que ganhei a eleição, estou buscando informações sobre como melhorar a arrecadação”, disse Reinaldo Grola, prefeito eleito de Lunardelli, logo após ouvir as explicações de técnicos da Fazenda na manhã desta quinta-feira (01). “Foi muito útil. Vi que estamos perdendo recursos porque o índice leva em conta investimentos em meio ambiente. Vamos trabalhar para melhorar isso.”

Josmar Pereira, prefeito eleito de Laranjal, também saiu satisfeito com o que ouviu. “Vou ser prefeito pela primeira vez. Esclareci algumas questões e estou mais preparado para começar a gestão”, comentou. O prefeito eleito de Terra Roxa foi outro que aproveitou o encontro para buscar informações. “As dúvidas foram esclarecidas”, afirmou.

Já no primeiro dia do evento, na quarta-feira, o estande foi procurado por vice-prefeitos, secretários e assessores. Mas os prefeitos foram os que mais fizeram perguntas. “Não tinha muita noção sobre o que vamos receber”, disse Édilen Xavier, prefeito eleito de Doutor Camargo. “Foi esclarecedor e vamos fazer alguns ajustes para obter bons resultados”, acrescentou.

OPORTUNIDADE - Na opinião do secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, o encontro é uma excelente oportunidade de os políticos eleitos receberem informações pessoalmente da equipe da secretaria. Segundo ele, com a crise econômica, é fundamental que os gestores tenham conhecimento detalhado dos recursos que receberão, para não assumirem compromissos que não poderão ser cumpridos.

“É preciso acompanhar de perto a arrecadação e fazer ajustes para que as despesas caibam no orçamento”, recomenda ele, que na sexta-feira à tarde fará uma palestra que tratará da importância de se fazer ajustes fiscais logo no começo da gestão.

Nota Paraná - No estande da Fazenda os participantes do encontro também recebem informações sobre o programa de cidadania fiscal Nota Paraná, que tem o objetivo de combater a sonegação. “Se mais pessoas pedirem a nota fiscal, a arrecadação vai aumentar e os municípios também serão beneficiados”, diz Costa.

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar