Exposição "Rogai por nós" permanece aberta ao público até a próxima sexta-feira

Comportamento
Ferramentas
Estilo

CURITIBA - PR - A exposição “Rogai por nós”, do artista plástico Paulo Meirelles, teve seu encerramento adiado no Espaço Cultural da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) até a próxima sexta-feira (29), ficando à disposição do público, nos dias úteis, no horário das 9 às 18 horas. A exposição atende a uma proposição do deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) e reúne 37 representações de santos populares que dão nome a locais e igrejas de Curitiba.

Como Nossa Senhora de Guadalupe, São Bento, São Lourenço, Carmo, Santa Bárbara, Mercês, São Francisco, Santa Terezinha, entre outros. São trabalhados em pequenos formatos que utilizam basicamente materiais recuperados, como vidro, tela, tecidos e madeira de demolição, além de pintura a óleo. Batizado por volta dos dez anos de idade, o artista recebeu de presente da mãe uma Bíblia ilustrada que o fez pensar em seguir a carreira religiosa ou a artística. A última levou a melhor. Sua trajetória foi pontuada pela busca da espiritualidade em outras religiões. Recentemente, porém, diante da observação da incredulidade e desesperança atuais, decidiu retornar ao catolicismo por via da arte.

No final do ano passado expôs “Rogai por nós” no Museu de Arte Sacra de Curitiba. Qualificou seu trabalho como “uma busca por minhas raízes, um repúdio ao vazio, minha celebração da esperança”. Artista plástico, designer de moda e professor de desenho, Meirelles nasceu em Marília, no interior de São Paulo, e veio para Curitiba na década de 1980.

Reportagem: Sandra C. Pacheco
Foto: Noemi Froes/Alep

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar