Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Uma campanha recheada de erros e malandragens

Este artigo é redigido por um colunista, que o assina, invariavelmente orbita em torno de política, e por ser uma “coluna”, contém explicitamente a opinião de quem o assina, trazendo o ponto de vista do autor que pode, como o farei ao longo do texto, usar a primeira pessoa do singular ao escrever. Creio que estamos bem esclarecidos até esse ponto, não estamos? Pois bem, então, vamos ao assunto de hoje...

Leia mais...

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

O governo provisório de Michel Temer (PMDB) protagoniza uma sequência de ações questionáveis, muitas ultrapassando, e muito, o estreito limiar da moralidade; várias pisando no perigoso campo na ilegalidade. De um governo provisório, que tenta se legitimar no comando da Nação com base em supostas irregularidades administrativas que, forçosamente poderiam, quem sabe, se constituir em uma "maquiagem fiscal" a justificar o impeachment da presidente eleita, Dilma Roussef, se espera, no mínimo, ações absolutamente legais, e estritamente morais. No entanto, não é o que se tem verificado desde o dia em que o vice-presidente, que pouco mais de 1% de intenções de votos tem junto ao gigantesco colégio eleitoral brasileiro, assumiu.

Leia mais...