Recontagem em Wisconsin confirma vitória de Trump

Política
Ferramentas
Estilo

ESTADOS UNIDOS - O estado norte-americano de Wisconsin concluiu nessa segunda-feira (12) a recontagem dos votos da eleição presidencial de 8 de novembro e confirmou a vitória do republicano Donald Trump. A informação é da agência Ansa.

A nova apuração havia sido pedida pela candidata "verde" Jill Stein, que alegava suspeitas de invasão de hackers nos computadores que fizeram a contagem dos votos. Situado no Norte do país, Wisconsin contribui com dez votos no colégio eleitoral e escolhia candidatos democratas desde 1988. A vitória de Trump no estado foi considerada uma surpresa.

Segundo a recontagem, o republicano teve 22 mil votos a mais que Hillary Clinton. Stein também chegou a pedir, mas sem sucesso, uma nova apuração em Michigan e na Pensilvânia, outros estados "azuis" conquistados pelo magnata.

Apesar de ter uma vantagem de quase 3 milhões de votos no total, Hillary foi derrotada no Colégio Eleitoral, já que não conseguiu vencer em estados considerados cruciais.

Da Agência Ansa - Foto Divulgação

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar