Copel é eleita a melhor distribuidora da América Latina e Caribe

Geral
Ferramentas
Estilo

MONTEVIDÉU - URUGUAI - A Copel ganhou, pela quinta vez nos últimos sete anos, a premiação de melhor distribuidora de energia da América Latina e Caribe. O anúncio foi feito nesta terça-feira (22), em Montevidéu, no Uruguai, durante seminário internacional promovido pela Comissão de Integração Energética Regional (CIER), que concede a premiação anualmente.

A Copel também foi reconhecida pelo cliente como benchmark (referência) em informação e comunicação e em responsabilidade social. A entrega do troféu será entre 28 de novembro e 1 de dezembro, em evento em Medelín, na Colômbia.

“Todos os copelianos que atuam diariamente para garantir excelência nos serviços prestados pela empresa estão de parabéns”, disse o presidente da Copel, Antonio Guetter. Segundo ele, este resultado é reflexo também do investimento recorde que a Companhia tem feito para tornar o sistema de energia no Paraná ainda mais robusto. “São mais de R$ 2 bilhões por ano desde 2011”, acrescentou.

O Prêmio de Qualidade da CIER acontece desde 2003 e usa a mesma metodologia da Pesquisa da Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia (Abradee), que também reconheceu a Copel em 2017 como a melhor distribuidora do Brasil na avaliação do cliente. Em 2011, 2012, 2014 e 2016, a Copel também havia conquistado o ouro do Prêmio CIER. Em 2013 e 2015, a Companhia ficou em terceiro e segundo lugares, respectivamente.

A avaliação é feita com base na satisfação dos consumidores, que respondem a um questionário com perguntas sobre fornecimento de energia, informação e comunicação, atendimento ao cliente, conta de luz e imagem da empresa. A partir dos dados coletados, é calculado o Índice de Satisfacción del Cliente con la Calidad Percibida (Iscal).

Foto: Agência Estadual de Noticias AEN - PR

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar