Evacuação de civis é suspensa em Aleppo, na Síria

Geral
Ferramentas
Estilo

SÍRIA - O drama para os civis que moram na região leste da cidade síria de Aleppo parece não ter fim. Nesta sexta-feira (16), o governo de Bashar al-Assad anunciou a suspensão da evacuação dos moradores por uma suposta violação do cessar-fogo por grupos rebeldes.

De acordo com o governo, os milicianos bloquearam as saídas de duas áreas e os civis, que estão em ônibus, estariam sob fogo cruzado. O Centro russo para a Reconciliação, que atua ao lado de Assad, anunciou que "nove comboios com 6.462 pessoas, entre as quais 3três mil milicianos e 301 feridos" já deixaram a cidade. Segundo as Nações Unidas, mais de 50 mil pessoas ainda estão "presas" em Aleppo.

Ontem (15), fontes do governo informaram à emissora "Al Jazeera" que os comboios estavam sendo atacados por rebeldes. A situação é confusa na região, já que Assad afirma que ela voltou para as mãos do governo, mas os combates não cessam.

Da Agência Ansa Brasil - Foto Divulgação

 

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar