Como tratar o resfriado do meu gato

Mulheres & Cia
Ferramentas
Estilo

Os gatos, assim como as pessoas, também ficam resfriados. Se ouvir seu gato tossir ou espirrar várias vezes, é possível que ele tenha se resfriado. Os gatos são mais susceptíveis a pegar a gripe comum nos meses de inverno. Alguns dos sintomas são: olhos lacrimejando, mucosidade, espirros, problemas respiratórios, tosse e inclusive pode ter febre. Para que passe este período da melhor forma possível, em www.umcomo.com.br mostramos a você como tratar o resfriado do seu gato.

Cuidados com o seu gato resfriado:

  1. Se tiver muito ranho, limpe essa mucosidade com um algodão ou pano limpo. Também pode fazê-lo com um pedaço de gaze esterilizada. Se a mucosidade for seca, umedeça o pano com soro fisiológico ou água e limpe com suavidade, depois seque para não ressecar.
  2. Se o seu gato, por causa da mucosidade está com o focinho ressecado, ou se você observar que está ardendo pode untar um pouco de vaselina para crianças para suavizar o problema.
  3. Leve seu gato ao banheiro e deixe a torneira aberta com a água quente por entre 10 e 15 minutos. O vapor produzido pela água ajudará a melhorar a respiração de seu gato.
  4. Se ele estiver sem fome, você deve estimular seu apetite. Pode estimulá-lo com alimentos que tenham um cheiro mais forte, pois deve cheirar gostoso para ele querer comer e talvez a mucosidade não deixe ele sentir bem o cheiro da sua ração. Experimente com pedacinhos de peixe ou carne em gelatina para gatos, pois têm mais cheiro e com certeza ele vai adorar.
  5. Se o resfriado estiver lhe causando conjuntivite, limpe seus olhos com gaze e soro fisiológico. Se perceber que a conjuntivite piora, vá ao veterinário.
  6. Certifique-se de que seu gato está tomando água limpa e fresca, é imprescindível que esteja bem hidratado. Você pode oferecer a ele caldo de peixe ou de frango para estimular sua hidratação.
  7. A melhor cura para o resfriado de seu gato é a prevenção, ainda que ele esteja vacinado. Existem doenças que não podem ser prevenidas, mas outras sim. Evite que seu gato se exponha a mudanças bruscas de temperatura ou que passe frio.
  8. Se não tiver vontade de brincar, não obrigue nem pressione ele, deixe ele descansar para recompor seu corpo.
  9. Se passaram 4 ou 5 dias e seu gato não melhora, leve-o ao veterinário para avaliar seu estado de saúde.

Este artigo é meramente informativo. No www.umcomo.com.br não temos capacidade para receitar nenhum tratamento veterinário nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamo-lo a levar o seu animal de estimação ao veterinário caso apresente qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Por Sara Veiga - www.animais.umcomo.com.br

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar