Ex-diretor da Copel assume vaga de Jorge Samek na Itaipu Binacional

Política
Ferramentas
Estilo

FOZ DO IGUAÇU - PR - O presidente Michel Temer nomeou a diretoria brasileira da usina hidrelétrica de Itaipu Binacional. O diretor-geral será Luiz Fernando Vianna, ex-diretor da Companhia Paranaense de Energia, que assume no lugar de Jorge Miguel Samek, que ocupou o cargo por 14 anos.

O único diretor que será mantido no cargo é Cezar Eduardo Ziliotto, da Diretoria Jurídica. A Diretoria Financeira será ocupada por Marcos Vitório Stamm; e a Diretoria Técnica ficará sob responsabilidade de Rubens de Camargo Penteado.

O diretor Administrativo será Marcos Antonio Baumgartner; e o diretor de Coordenação, Ramiro Wahrhaftig. As nomeações foram publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira (14).

A Itaipu é uma empresa binacional administrada pelo Brasil e Paraguai. Ela possui um Conselho de Administração composto por 12 conselheiros – seis indicados por cada país – e dois representantes dos ministérios das Relações Exteriores de cada país.

A usina possui 20 unidades geradoras e tem capacidade instalada de 14 mil megawatts (MW). Itaipu é a líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,4 bilhões de MWh.

Por meio de nota, a Itaipu Binacional informou que, em 2016, a usina retomou a liderança mundial em geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh gerados. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 75% do Paraguai.

Fonte: Agência Brasil | Reportagem: Pedro Peduzzi | Edição: Denise Griesinger | Foto: AEN

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar