Aproximadamente 115 mil pessoas foram beneficiadas por ações de extensão da UNILA entre 2015 e 2017

Educação
Ferramentas
Estilo

FOZ DO IGUAÇU - PR O impacto de uma universidade em uma determinada comunidade - ou região - pode ser aferido de diversas maneiras. Uma delas é através da extensão, que, articulada ao ensino e à pesquisa, busca contribuir para o desenvolvimento e a transformação social, além de permitir a construção coletiva e a troca de saberes entre a instituição e os cidadãos. Em Foz do Iguaçu e região, a presença da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) beneficiou, somente entre os anos de 2015 e 2017, cerca de 115 mil pessoas, através de 540 ações, entre projetos, cursos e eventos diversos, de acordo com levantamento da Pró-Reitoria de Extensão.

Essa mensuração de impacto teve início apenas em 2015. Portanto, o número de pessoas beneficiadas é ainda maior, principalmente se considerado o período desde a criação da UNILA (em 2010): nestes sete anos, esse número chega a 774 ações, que são realizadas com diferentes focos, trabalhando temáticas como Educação, Letras e Línguas; Comunicação; Cultura e Artes; Tecnologia e Produção; Meio Ambiente; Direitos Humanos e Justiça; Economia, Política e Desenvolvimento; Saúde; e Inclusão Social.

Concentração das ações de extensão da Unila em Foz do Iguaçu

E o território de atuação da Universidade vai além de Foz do Iguaçu, tendo alcançado pessoas em mais de 20 cidades - incluindo municípios de outros estados brasileiros e Ciudad del Este, no Paraguai.

Um exemplo de impacto direto são as atividades realizadas nas escolas, nas quais foram desenvolvidas, somente em 2016, 63 ações voltadas à formação de professores da Rede Pública de Educação. Outro tipo de ação que merece destaque são os cursos de idiomas voltados à comunidade - e totalmente gratuitos. Somente os cursos de línguas totalizam 42, que oportunizam à comunidade o aprendizado de francês, alemão, espanhol, guarani, grego, árabe, italiano e até Libras.

Também foram contabilizadas, até o momento, 45 ações de extensão voltadas à inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidade. Exemplo é o Projeto de Reestruturação Urbana e Social da Fronteira, que foi realizado com os moradores da Ocupação Bubas, em Foz do Iguaçu.

Localização das ações de extensão da Unila na região Oeste do Estado do Paraná.

Todas as ações de extensão desenvolvidas pela UNILA contam com um profundo envolvimento da comunidade acadêmica. De acordo com os dados da Pró-Reitoria de Extensão, mais de mil pessoas - entre professores, alunos e técnico-administrativos - já estiveram envolvidas em algum projeto de extensão nos últimos três anos.

As atividades também contam com parceiros externos, formais ou informais. Somente entre 2015 e 2017, mais de 50% das ações tiveram como parceiros órgãos e entidades como Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Itaipu Binacional, Ecomuseu de Itaipu, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Núcleo Regional de Educação, Centro de Reintegração Feminino (Cresf), Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Instituto Federal do Paraná (IFPR), Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Fundação Cultural, Associações de Bairros, Movimentos Sociais, Coletivos, entre outros.

Reportagem: Assessoria de Imprensa UNILA
Fotos: UNILA / Divulgação

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar