Curso sobre educação ambiental será nesta quarta, no Bosque Guarani

Educação
Ferramentas
Estilo

FOZ DO IGUAÇU – PR - Na manhã desta quarta-feira (26), das 8h às 11h30, trinta e três professoras participarão do 9º módulo de formação continuada do curso “Contribuições da Educação Ambiental para a Educação Especial”, que será realizado no Zoológico Bosque Guarani.

A ocasião será marcada pelo seminário “Diálogos Sobre Educação Ambiental e Acessibilidade no Contexto Escolar”, cuja proposta é socializar e dialogar sobre textos de diferentes autores acerca do tema, e também por uma visita técnica ao Parque Nacional do Superagui.

Para iniciar o módulo, as participantes serão recepcionados com um café da manhã servido ao ar livre com música ambiente. Em seguida, durante toda a manhã, os professores, divididos em grupos, apresentarão os resumos dos textos, acerca da educação ambiental, recebidos no último encontro, e farão suas contribuições ao utilizar o gancho dos planos de aula enviados a cada módulo.

Ao todo, serão quatro textos: “Qual Educação Ambiental? Elementos Para um Debate Sobre a EA Popular e Extensão Rural” (Isabel Carvalho); “Representações Paradigmáticas Sobre o Ambiente” (Cherlei Coan e Sonia Zakrzevski); “Intervenção Educacional” (Mauro Guimarães); e “Repensando Nosso Olhar Sobre as Relações entre Sociedade e Natureza” (Isabel Carvalho).

Logo mais, à noite, as professoras, acompanhadas pela equipe de educação ambiental do município, viajarão ao município de Guaraqueçaba, para realizarem uma visita técnica ao Parque Nacional do Superagui. O local é considerado, pela Organização das Nações Unidas – ONU, como um dos ecossistemas costeiros mais importantes do mundo.

Este espaço, com 21.400 hectares, foi declarado Reserva da Biosfera em 1991 e Patrimônio da Humanidade em 1999, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura - UNESCO. Manifestações em prol do meio ambiente conseguiram impulsionar a criação do Parque no ano de 1989 e todo o acesso ao local é realizado por via marítima, meio pelo qual também é possível observar os golfinhos da região.

O trajeto, em embarcação rápida (voadeira) partirá de Paranaguá, a cidade mais antiga do estado, e será feito em aproximadamente 45 minutos e mais três horas nos tradicionais barcos de passageiro. Neste destino, as participantes conhecerão as espécies, a maioria ameaçadas de extinção, daquele habitat e a vida simples da comunidade local de pescadores, os caiçaras.

Serviço

Evento: 9º módulo do curso “Contribuições da Educação Ambiental para a Educação Especial

Data: quarta-feira (16)

Horário: das 8h às 11h30

Local:  Zoológico Bosque Guarani 

Outras informações: (45) 9997-3480 (educadora ambiental Iracema Cerutti) e (45) 9997-3536 (educadora ambiental Roseli Barquez)

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar