Cassinos: ter ou não ter, eis a questão...

Ferramentas
Estilo

Vira e mexe e volta à baila a discussão hipócrita sobre a legalização dos cassinos no Brasil. A questão dos jogos de azar desde 1941 é regulada pela Lei das Contravenções Penais em seu artigo 50, onde está escrito que “estabelecer ou explorar jogo de azar em lugar público ou acessível ao público, mediante o pagamento de entrada ou sem ele” é crime punível com prisão simples de três meses a um ano e multa. Tal artigo foi revogado por um curto período de tempo e, através do Decreto-Lei nº 9.215/46 teve sua eficácia restaurada em 30 de abril de 1946.

Pois bem, no entanto, tal exploração só é criminosa para os contribuintes dessa expropriante carga tributária, pois o próprio governo federal explora diversas loterias, ou melhor, fornece a concessão para a exploração, mediante a retenção de substancial percentual da arrecadação. Aí temos as loterias esportivas, lotomania, sena, mega sena, quina, as loterias da caixa federal e das caixas estaduais, dentre outras. As chances de ganhar, em qualquer uma dessas loterias, anda lado a lado com as chances de se ganhar em um cassino, por exemplo. Na outra ponta, o jogo do bicho é institucionalizado em todo o território nacional, tendo em algumas cidades como Cascavel, por exemplo, casinhas azuis semelhantes às bancas de revistas, espalhadas por toda a cidade, sem nenhuma espécie de repressão ou dificuldade com a lei.

Foz do Iguaçu é uma cidade turística e, temos ressaltado isso em diversos editorais, se constitui no segundo Destino Turístico mais visitado no Brasil, perdendo tão somente para a cidade do Rio de Janeiro e, já passou da hora de ter cassinos de padrão internacional fazendo frente aos cassinos dos países vizinhos, a Argentina e o Paraguai. No outro lado da Ponte da Amizade está ocorrendo uma verdadeira transformação, com ações concretas do governo daquele país para incutir nos cidadãos de Ciudad Del Este uma nova vocação voltada para o turismo de compras de alto padrão e de lazer. Diversos grandes hotéis de renome internacional como o Sheraton e o Hard Rock Hotel estão se instalando no Paraguai. Todos com uma gigantesca infraestrutura que engloba salões de beleza, spas, centros de recreação, shoppings, restaurantes, hotelaria da mais alta qualidade e cassinos.

Foz do Iguaçu precisa estar atenta às mudanças do perfil do turista que vem à fronteira, antes que seja muito tarde. Com a abertura dos grandes hotéis internacionais no Paraguai, trazendo consigo a política americana de administrar cassinos, muito rapidamente a hotelaria local estará perdendo turistas que passarão a se hospedar nos novos hotéis, que ofertam tradicionalmente a hospedagem para os grandes jogadores. Hotel lotado atrai hóspedes e a tendência é que outros que sequer gostam de jogar, também passarão a se hospedar no país vizinho.

É hora de dar um basta à hipocrisia. Quem quer jogar, joga, acha uma forma, aposta até num jogo de caixeta ou no resultado do jogo de futebol de domingo. Joga no bicho, nas loterias ou aposta na mega sena. A Igreja, como um todo é contra. Só não é contra os bingos para arrecadar fundos para as construções de templos faraônicos, ou a venda de vassouras e paninhos ungidos para os incautos e desesperados fiéis.

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar