JI: um ano de vida com muitas mudanças

Estilo

Há um ano atrás, mais precisamente no dia 31 de julho de 2015, despretensiosamente circulamos a primeira edição do Jornal do Iguassu. A intenção sempre foi, desde o projeto, oferecer para a tríplice fronteira uma publicação sem bairrismos, sem partido político, sem interesses inconfessáveis que contaminassem a linha editorial e a forma como os acontecimentos e os fatos do dia a dia são noticiados para a sociedade transfronteiriça.

A aceitação nos surpreendeu e, seis meses depois, no dia 2 de fevereiro de 2016, atendendo o anseio de um grande grupo de insaciáveis leitores e amigos, o Jornal do Iguassu passou a ser diário. Presente em todos os bairros de Foz do Iguaçu, a procura nos levou a ampliar a tiragem em três oportunidades e, mesmo assim, em nenhum momento conseguimos ter a quantidade necessária de exemplares a atender os ávidos apreciadores de uma boa leitura.

Paralelamente a plataforma digital cresceu de uma forma que não fomos capazes de prever, atingindo um inesperado universo de seguidores. Diversificamos as mídias e colocamos em operação a Rádio Iguassu Web, com programação variada e de qualidade e, há poucas semanas, com notícias a cada hora. A aceitação foi instantânea e nos levou às experiências com transmissão ao vivo com a Web TV Iguassu, igualmente bem-sucedida. Chegamos, por fim, à uma encruzilhada, pois o crescimento da plataforma digital passou a exigir uma mudança de atitude e de foco, levou à discussão o futuro do Jornal do Iguassu como meio de comunicação.

Nesse momento, recebemos a visita da bióloga Anna Cecília Santos, da Bioadapt, empresa especializada na gestão de resíduos ambientais, que iniciava um projeto para a destinação dos resíduos produzidos em nossas instalações. Foi quando a Anna nos mostrou que produzir um jornal diário, com 5.000 exemplares, como o nosso, gera 4 toneladas de papel não reciclável todo o mês, em uma cidade na qual o aterro sanitário já ultrapassou sua vida útil.

Tomamos, então uma decisão política, ética, econômica e ecológica, e decidimos voltar a circular semanalmente, mas, com forte atuação do portal, investindo na cobertura pontual e instantânea dos acontecimentos locais. Acompanhe as mudanças ao longo dos próximos dias...

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar