Existem diversas atividades que ao longo da história foram delegadas ao Poder Público, algumas até mesmo com a previsão constitucional desse poder/dever, como a educação e a saúde. A Constituição Cidadã, promulgada em 1988, traz em seus artigos 196 a 200 essa garantia. No artigo 196 pode-se ler: “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”.

Leia mais...

Foz do Iguaçu é um dos destinos turísticos mais visitados em todo o planeta. No Brasil é o segundo, perdendo em número de visitantes somente para a cidade do Rio de Janeiro. Um país de dimensões continentais como o nosso oferece uma infinidade de atrativos que podem, se bem explorados, atrair turistas das mais diversas nacionalidades, e o que é melhor: com opções para todos os tamanhos de bolsos e para todas as preferências.

Leia mais...

O segundo maior destino turístico do Brasil, cuja imagem no exterior foi forjada ao longo de décadas, ao custo de pesados investimentos na profissionalização do setor e na divulgação, estaria ameaçado por um simples inseto? Ou é vítima de equívocos imperdoáveis na condução das políticas de saúde pública? Os números estatísticos demonstram uma incapacidade administrativa em todas as esferas de governo, da União à imensa maioria dos mais de 4.500 municípios do Brasil, em especial quando o assunto é a adoção de medidas preventivas na área da saúde. 

Leia mais...

Eis que se cumpre um ciclo. Eis que o Jornal do Iguassu, tal qual a lagarta no casulo, completa seu ciclo de evolução e, hoje (23), com a última edição ainda como semanário, inicia a dolorida tarefa de romper a cápsula, para estender as asas, secá-las e ganhar os céus na forma de uma pequena, mas bela borboleta. Sabemos que o “espaço aéreo” será disputado com mariposas, besouros e até com morcegos. A borboleta está preparada até para o sapo venenoso, verruguento e deformado que, incomodado com a sua beleza, soltará a língua venenosa e grudenta em todas as direções, na vã tentativa de engoli-la. Jamais a alcançará. A bela, jovem e linda borboleta, recém-saída do casulo, voa alto demais. 

Leia mais...

Hoje, sábado (16), estamos a apenas uma edição da primeira que marcará a passagem do Jornal do Iguassu de periódico semanal experimental, para um diário local, de forte conteúdo opinativo e participativo, focado nos acontecimentos do Território do Iguassu e, em especial de Foz do Iguaçu.  O novo JI diário é resultado de se ouvir muito mais do que se fala. Ao longo desses seis meses de circulação que se completam ao final do mês de janeiro, conversamos muito com empresários, agências de publicidade, profissionais de marketing e propaganda, jornalistas experientes de todas as regiões do Paraná e, claro, amigos proprietários de jornais espalhados por todo o Estado e, inclusive, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Colhemos experiências, trocamos ideias, ouvimos conselhos e, em especial, absorvemos o conhecimento de muita gente séria, que faz jornal há muitos anos, de forma responsável, ética e respeitosa. 

Leia mais...

Passamos um ano ouvindo dados, pesquisas e afirmações estranhas, ou, no mínimo, de difícil compreensão. A maior emissora de televisão do planeta, durante grande parte do ano propalou a existência de uma crise sem precedentes. A cada edição dos noticiários televisivos, assistimos, perplexos, a apresentação de previsões cataclísmicas, de cenários dignos de séries americanas como “Walking Death”. O mais estranho em tudo isso foram as dezenas de notícias que começavam com “apesar da crise”, para em seguida, apresentar números de crescimento do consumo, da construção, de investimentos nesta ou naquela área.

Leia mais...

Semana passada Foz do Iguaçu reafirmou com maestria sua vocação para sediar eventos de grande porte. A Terra das Cataratas foi palco do InnovaCities LatinoAmérica 2015 - ICLA, o Encontro Global de Empreendedorismo para Cidades Alegres, Humanas, Criativas e Inteligentes, que aconteceu na Faculdade União das Américas – Uniamérica. Este evento é o único no Brasil que faz parte do circuito internacional da International Federation of Inventor´s Association – IFIA, e foi promovido pela Associação Brasil Internacional de Inventores, Cientistas e Empreendedores Inovadores.

Leia mais...

Foz do Iguaçu tem mantido uma tradição de destino não só turístico, mas de eventos. Desde a quinta-feira, a Uniamérica tem sido palco do InnovaCities LatinoAmérica, um evento global que reúne trabalhos de pesquisadores, inventores, cientistas, estudantes, makers, do Brasil e de fora dele. Na quinta e na sexta-feira, a visitação aos estandes foi intensa com diversos grupos de alunos das redes pública e privada de Foz do Iguaçu que saiam do local maravilhados com tudo o que viram. Inovação por todos os lados. Criatividade e muita disposição para inventar novas formas de fazer coisas que sempre foram feitas de outras formas, das mesmas formas. Até do Rio Grande do Sul, de uma cidade chamada Rodeio Bonito veio uma delegação de estudantes secundaristas, ávidos por conhecimento.

Leia mais...

Os últimos 10 dias foram politicamente deprimentes para os iguaçuenses. Os representantes do povo, nos quais a população depositou seus mais sinceros anseios de uma vida melhor, com mais qualidade, com serviços públicos dignos de uma cidade do porte e da importância de Foz do Iguaçu, protagonizaram um verdadeiro show, deprimente, de como não se faz política. Em duas sessões, que fizeram jus à denominação “ordinárias”, mostraram que as picuinhas pessoais e os interesses individuais estão muito acima do dever de agir em prol da coletividade e do maior interesse público.

Leia mais...

Estamos tão acostumados com a impunidade, com os desmandos, com Câmaras de Vereadores, Assembleias, Câmara dos Deputados, Senado e Executivos por todo o país promovendo um verdadeiro escárnio com a sociedade brasileira, que já quase não nos espanta saber de mais uma fraude, de outra maracutaia, sobre uma nova propina, a respeito de um desvio revelado, de tão comum que se tornou a prática do ilegal, do imoral. A ação criminosa, debochada, despreocupada e inconsequente de grande parte dos políticos de nosso país têm uma simples explicação: a impunidade.

Leia mais...

Mais artigos...

Pagina 4 de 6