IML de Cascavel está sem médico legista, talvez tenha outro na segunda-feira

Segurança
Ferramentas
Estilo

CASCAVEL - PR - O IML de Cascavel ficou impossibilitado de realizar exames de necropsia desde esta quinta-feira, 04 de agosto. O corpo de um homem, vítima de homicídio, precisou ser levado para o Instituto Médico Legal de Toledo, porque em Cascavel não tem médico legista. Outros exames que também seriam feitos por um legista, também ficaram prejudicados.

Segundo informações repassadas pela 15ª SDP, o problema foi gerado porque o médico que estava trabalhando requereu aposentadoria e neste meio tempo nenhum outro foi contratado. Ainda conforme a mesma fonte, o problema deve estar sanado já na próxima segunda-feira.

Nesta quinta-feira, o cadáver de um menor que foi morto em Matelândia, permaneceu no IML de Cascavel por mais de dez horas, depois foi levado para Toledo, para ser necropsiado e liberado para os familiares, que tinha pressa na liberação, pois pretendiam realizar o sepultamento nesta tarde, uma vez que o rapaz foi morto por volta das 22 horas da quarta-feira, 03, fazendo com o velório fosse dispensado, causando revolta entre os parentes do morto.

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar