Linux Educacional 6 é lançado durante o Latinoware 2017

Latinoware 2017
Ferramentas
Estilo

FOZ DO IGUAÇU - PR - O programa Linux Educacional utilizado em mais de 100 mil computadores em escolas públicas e institutos de pesquisas brasileiros ganhou uma versão mais moderna: A 6. A primeira apresentação oficial do software ocorreu durante o 14º Congresso Latino-Americano de Software Livre e Tecnologias Abertas (Latinoware) nesta quarta-feira (18), na Usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu. A apresentação foi feita pelos criadores do Linux Educacional Eduardo Toidt e Diego Pasqualin.

Entre as novidades desta versão atualizada, está uma nova interface, diversas ferramentas para facilitar o gerenciamento de laboratório de informática, bem como bloqueio de conteúdos e o acesso direto ao portal de conteúdos educacionais do Ministério da Educação (MEC).

Embora usuários particulares possam ter o Linux Educacional em seus computadores, ele é mais utilizado nas escolas. Por isso, durante uma aula, por exemplo, o professor consegue bloquear e impedir que os alunos acessem outros conteúdos que não estejam sendo estudados. “Já imaginou um professor tentando dar uma aula e os alunos acessando o facebook? Por isso, uma das novidades desta versão é a possibilidade de bloquear as páginas”, explicou Pasqualin

Reportagem:  Abilene Rodrigues
Foto: Sílvio Vera

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar