Palestrante da Latinoware defende ensino de programação e robótica para crianças

Educação
Ferramentas
Estilo

FOZ DO IGUAÇU - PR - A utilização da tecnologia como ferramenta educacional tem sido cada vez mais difundida. Na Latinoware 2016, estão sendo apresentados diversos projetos pedagógicos baseados em software e hardware livre. A proposta é disseminar a cultura do “faça você mesmo”, principalmente entre crianças. “Queremos que as crianças criem mais e comprem menos”, afirmou Luiz Henrique Rauber Rodrigues, um dos palestrantes do evento.

Na palestra “Software Livre, Cultura Maker e a Educação”, Rauber defendeu que é preciso incentivar o ensino de programação para crianças, já que elas são potenciais disseminadoras do conhecimento. “Uma criança que cria algo difunde a sua experiência e motiva outras crianças a fazerem o mesmo”, explicou o palestrante.

Rauber também apontou que o software livre tem sido um importante aliado desse movimento. Ele apresentou diversos projetos educacionais, baseados em software e hardware livre, desenvolvidos no Brasil. Um deles é o Raul HackerClub, que incentiva crianças a criarem os seus próprios brinquedos.

Outra iniciativa apresentada é a plataforma Jabuti Edu, para ensino de robótica livre para crianças e adolescentes. Já na área de ensino de programação para crianças, ele apresentou o projeto CodeClubBrasil, que constitui-se em uma rede de clubes que ensina programação para crianças.

“Temos que entender que a brincadeira de criar algo pode, no futuro, tornar-se um negócio. Ao ensinar programação e robótica para crianças, estamos estimulando a formação de jovens empreendedores”, ressaltou.

Fotos: Jean Pavão

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar