Mutirão na prainha de Santa Helena recolhe mais de oito toneladas de lixo

Meio Ambiente
Ferramentas
Estilo

SANTA HELENA - PR - Cerca de 100 pescadores do Ponto de Pesca Nossa Senhora dos Navegantes, em Santa Helena (PR), participaram de um mutirão para retirar o lixo do balneário turístico da cidade. Foram recolhidas oito toneladas de material, entre garrafas de plástico e latas de alumínio. Tudo foi levado ao centro de reciclagem da cidade e estima-se que 80% dele pode ser reaproveitado. Alguns vasilhames de agrotóxicos foram encaminhados para Santa Terezinha do Itaipu, onde será feito o descarte adequado.

O principal objetivo da ação, explica Vilmar Bolzon, da Divisão de Reservatório, é trabalhar próximo do pescador. “Eles são os principais agentes ambientais do lago. São eles que trabalham todo dia no reservatório e fazem esta limpeza diária”, diz Bolzon.

A atividade faz parte do circuito de limpeza do lago, que a Itaipu promove todo semestre, com cada uma das 10 colônias de pescadores associados, desde 2014. Este é o quinto ciclo, que começou em agosto. Depois de Santa Helena, o mutirão vai a Entre Rios do Oeste e São Miguel do Iguaçu. No total, devem ser coletados mais de 130 toneladas de lixo.

Educação ambiental

Ao longo do dia, outras duas atividades foram voltadas para a comunidade. Alunos das escolas municipais acompanharam o final da retirada do lixo do lago e participaram da soltura de 200 peixes jovens e 300 alevinos, todos da espécie pacu. Cerca de 100 peixes foram marcados com uma tag, para acompanhar o comportamento deles no reservatório.

Na parte da tarde, os alunos plantaram 500 mudas de árvores nativas em uma área de 1.200 m² dentro da faixa de proteção de Itaipu. A atividade teve o apoio da Divisão de Áreas Protegidas. Também foram parceiros da ação: Força Verde, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Santa Helena, Clube do Cavalo, Clube dos Trilheiros, associações de Pesca Esportiva e acadêmicos do UFPTR.

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar