Animais ameaçados no país chega a 1.173 tipos

Meio Ambiente
Ferramentas
Estilo

 O Brasil possui 1.173 animais ameaçados de extinção, segundo levantamento realizado pelo Ministério do Meio Ambiente. Especialistas asseguram que o desmatamento é um dos principais responsáveis pela extinção das espécies, que provocam a mudança no habitat e dificuldades de alimentação e reprodução dos animais.  Outro fator importante, é o tráfico ilegal de animais silvestres que contribui para que a lista aumente.

 O Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, mantém 28 espécies ameaçadas e participa com sucesso de projetos para reprodução de novas gerações, tanto que 43% das aves, que os visitantes conhecem durante o passeio, nasceram através desse cuidado.

 A família Psittacidae é formada por araras, papagaios e periquitos, sendo um dos grupos de aves mais ameaçados do mundo. Das 370 espécies, 26% estão ameaçadas, ou seja, de cada quatro espécies, uma está em perigo. No Brasil, são encontradas 85 espécies, 16 delas na Lista de Fauna Ameaçada.

 Diante de um fato assustador e preocupante, o Parque das Aves dedica atenção especial aos psitacídeos, abrigando 37 espécies da família, sendo que sete estão ameaçadas.

A maioria das aves que recebem são confiscadas de traficantes ou por maus tratos, além de aves vindas de Centros de Reabilitação e Triagem sem condições de mantê-las e, também, as que são encontradas machucadas na natureza.

 CONSERVAÇÃO

O Parque das Aves conta com uma equipe com muita experiência e conhecimento sobre psitacídeos em vida livre e em cativeiro e, com base em pesquisa, observaram as peculiaridades de cada espécie para oferecer tudo o que for necessário para o sucesso reprodutivo da espécie.

Resultados comprovam: 23 filhotes de ararajuba nasceram em 9 anos, 11 de papagaio-da-cara-roxa e cinco de papagaio-de-peito-roxo, em 5 anos. 13 filhotes de arara-azul, em 10 anos. Todas estas citadas, são espécies ameaçadas.

Estes resultados são passados para outras instituições, para que aumente o sucesso reprodutivo das espécies, assim como proporcionar um aumento no bem-estar e na expectativa de vida destas aves.

 

Toda dedicação resulta em sucesso na reprodução das espécies

 

 

 

 

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar