Contribuição da Latinoware para o movimento de software livre é destacada na abertura

Tecnologia
Ferramentas
Estilo

FOZ DO IGUAÇU - PR - A importância do movimento de software livre para o processo de desenvolvimento tecnológico do Brasil e demais países da América Latina foi evidenciada durante a abertura da Latinoware 2016. A solenidade foi realizada na tarde desta quarta-feira (19), no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), lotando o Espaço Brasil. Considerada um dos maiores e mais importantes eventos de software livre do mundo, a Latinoware chega a sua 13ª edição batendo recorde de público. São 5.147 pessoas, de 22 estados brasileiros e de 10 países, participando de uma intensa programação de palestras e minicursos. Até sexta-feira (21), quando termina o evento, serão promovidas mais de 350 horas de atividade.

John Maddog Hall durante a abertura oficial da Latinoware 2016

O crescimento do evento ao longo desses anos foi comemorado pelo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek, durante a solenidade de abertura. “É gratificante ver que a Latinoware mobiliza mais de 5 mil pessoas preocupadas em construir um mundo melhor e mais justo. A ciência e tecnologia são a base para uma sociedade melhor e nós, da Itaipu, queremos contribuir cada vez mais com esse processo de desenvolvimento”, afirmou Samek.

Corinto Meffe, gerente de Projetos do Dataprev, também destacou a trajetória do evento e a sua importância para o fortalecimento do movimento de software livre. “Quem trabalha com software livre há anos, como eu, sabe que a nossa maior batalha é convencer as pessoas e organizações que soluções livres podem substituir e até serem melhores do que as soluções proprietárias. Por isso, ter uma evento como a Latinoware faz com que essa batalha seja coletiva. Precisamos de mais instituições, como a Itaipu e o PTI, que apoiam e acreditam nesse sonho de liberdade”, ressaltou.

Também participaram da abertura o coordenador de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Evandro Razzoto; o diretor superintendente da Fundação PTI, Juan Carlos Sotuyo; o superintendente de Informática da Itaipu, Washington Medeiros; e o diretor-executivo da Linux International Foundation, John Maddog Hall.

Parceria

Ao final da solenidade de abertura da Latinoware, a Fundação PTI assinou uma parceria com o Linux Professional Institute (LPI) para a realização de capacitações profissionais. Por meio dessa parceria, a Fundação PTI tornou-se uma instituição autorizada a promover cursos do LPI - organização sem fins lucrativos que outorga certificações profissionais de Linux para administradores de sistema.

Fotos: Jean Pavão

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar