Será que sou intolerante à lactose?

Saúde
Ferramentas
Estilo

A intolerância à lactose trata-se de uma disfunção onde o intestino é incapaz de metabolizar a lactose devido à deficiência na produção de um grupo de enzimas, e com isso causa cólicas, diarréia, enjôos e inchaço abdominal quando a lactose é ingerida. Pode atingir adultos de qualquer faixa etária, sendo mais comum em crianças de até 2 anos de idade.

Fontes de lactose:
Leite e todos os seus derivados.

Preparo do paciente:
O paciente deve estar em jejum de 8 a 12 horas.
No laboratório Master Lab, irá colher uma amostra de sangue que será chamada de “Basal”, e a partir deste momento, poderá optar por deixar um acesso com uma agulha fixada, evitando repetidas punções.
Após a coleta “Basal”, é dado ao paciente um líquido contendo 2g de lactose para cada Kg do paciente (sendo que a administração máxima permitida é de 50g).
Após a ingestão completa do líquido (sem demorar muito tempo), é feita uma nova coleta de sangue com intervalos de 15, 30 e 60 minutos.

Análise Laboratorial:
É feita a dosagem de glicose em todas as amostras, sendo que para indivíduos tolerantes a lactose, estima-se que a variação de glicose entre a amostra “Basal” e as demais amostras, seja maior que 20%. Caso a variação seja menor que 20%, têm-se um quadro característico de Intolerância à Lactose.
Lembrando que somente o médico é capaz de avaliar os sinais clínicos de cada paciente e concluir se o paciente é Intolerante ou não à Lactose.


Fabio João Benitez - CRBM 16115
Biomédico do Laboratório Master Lab

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar