Alckmin anuncia medidas de estímulo à produção em São Paulo

Economia
Ferramentas
Estilo

SÃO PAULO - BR - Um dia depois de o governo federal lançar medidas para retomar o crescimento econômico do país, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou um conjunto de ações de estímulo à produção empresarial de quatro setores: indústria de bens de capital, automobilística, agronegócio e reciclagem.

“O que estamos fazendo é uma primavera tributária, um conjunto de medidas para estimular o emprego e o investimento no estado de São Paulo”, afirmou Alckmin.

Entre as ações está a desburocratização no acúmulo de crédito do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias (ICMS). O secretário estadual da Fazenda, Hélcio Tokeshi, explicou que a complexa operação que fixa as várias alíquotas tributárias entre as saídas e entradas de mercadorias representa um ônus para as empresas ao mesmo tempo em que dificulta o sistema de fiscalização. Segundo ele, as etapas que implicam em acúmulo de crédito com o imposto estão sendo simplificadas de forma com que isso reduza o custo empresarial.

Essa desoneração, no entanto, não significa que o governo estará abrindo mão de parte do que arrecada, avaliou o secretário.”Não estamos gastando dinheiro adicional, todas as medidas envolvem créditos já concedidos”, disse Tokeshi, informando que as contas públicas do estado devem encerrar o ano com um superávit de cerca de R$ 1,5 bilhão.

De acordo com nota do governo, para o setor de bens de capital, foi prorrogado até 30 de abril de 2017, a concessão de crédito outorgado de ICMS para desonerar a fabricação de pás carregadeiras de rodas, escavadeiras hidráulicas, retroescavadeiras e motoniveladoras.

Em relação ao agronegócio, foi prorrogado para mais um ano o acesso a crédito para capital de giro por meio da agência de fomento Desenvolve SP com o uso do crédito acumulado de ICMS.Também foi estendido para mais um ano a utilização do mesmo benefício para investimentos em informática e tecnologia na área da indústria automotiva.

Já as empresas que lidam com reciclagem de pneus e resíduos de borracha terão de recolher o tributo na saída do produto resultante da industrialização

Acidente de helicóptero

O governador Geraldo Alckmin também comentou a decisão do Ministério Público do Estado de São Paulo de continuar com as investigações sobre o acidente que matou o seu filho e mais quatro pessoas, em 5 de abril do ano passado. “Um helicóptero que sobe e cai em 60 segundos com cinco mortes, precisa ser investigado”, disse o governador. “Nada vai trazer de volta o meu filho, mas um acidente com cinco mortes, e tudo indica que foi falha ou de equipamento ou de revisão, precisa ser investigado”.

Marli Moreira – Repórter da Agência Brasil - Foto Divulgação

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar