Policiais militares fazem operação na Rocinha depois de confrontos

Geral
Ferramentas
Estilo

RIO DE JANEIRO - RJ - Equipes da Polícia Militar (PM) fazem hoje (18) uma operação na comunidade da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, para prender suspeitos de envolvimento nos tiroteios de ontem na favela. Grupos rivais se envolveram nesse domingo em um confronto armado pelo controle dos pontos de venda da comunidade.

Nos confrontos, pelo menos uma pessoa morreu e três ficaram feridas com disparos de arma de fogo. Na ação de hoje, um homem foi ferido, segundo a PM, em confronto com agentes. Ele foi encaminhado para o Hospital Miguel Couto sob custódia.

A operação desta segunda-feira começou às 4h30 com a ocupação da comunidade por homens do Comando de Operações Especiais da PM. Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha e do batalhão local (23º BPM) fazem o cerco à comunidade.

Depois que os policiais tiverem consolidado a ocupação, agentes da Polícia Civil entrarão na comunidade para cumprir mandados de prisão.

Repórter: Vitor Abdala –  Agência Brasil
Foto: Marcelo Casal - Agência Brasil
Edição: Graça Adjuto

 

 

 

 

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar