PF desarticula organização criminosa em Roraima

Geral
Ferramentas
Estilo

BOA VISTA - PR - A Polícia Federal, em atuação conjunta com a Divisão de Capturas da Secretaria de Justiça e Cidadania de Roraima, Ministério Público de Roraima e Polícia Militar de Roraima, deflagrou nesta sexta-feira (11/8) a Operação Policial Tovajar, com o objetivo de desestruturar a ramificação de uma grande organização criminosa nacional que também atua no Estado de Roraima. Estão sendo cumpridos 16 mandados de prisão em Boa Vista/RR, deferidos pela Justiça do Estado de Roraima.

A investigação policial apontou que integrantes da organização criminosa estavam tramando ataques nas ruas de Boa Vista, em razão do reforço na repressão ao tráfico de drogas, sendo possível a prevenção desses ataques durante o trabalho investigativo. Foi demonstrado na investigação que a prisão preventiva dos suspeitos é medida necessária para cessar ameaças a agentes públicos, bem como para tirar de risco toda a população de Roraima.

Os presos estão na sede da Polícia Federal para interrogatórios e indiciamentos. Em seguida, serão encaminhados à penitenciária, onde ficarão à disposição da Justiça Estadual. Eles responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de organização criminosa, tráfico e associação para o tráfico de drogas que preveem penas máximas de até 37 anos de reclusão.

As investigações continuam, com análise do material apreendido e apuração do envolvimento de outros integrantes da organização criminosa. Qualquer pessoa pode colaborar com informações por meio do telefone 95-36211500.

Tovajar significa inimigo e também cunhados na língua tupi-guarani antiga. Parte da operação criminosa se intitulava cunhadas.

Foto: Arquivo PF

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar