Boca Maldita - 18 de Outubro de 2016

Estilo

Um baita atleta

Já encontram cada coisa do arco da velha no âmbito da Operação Pecúlio, capaz de fazer acordar defunto morto com bala de cristal. A última foi essa pérola do ex-secretário de esportes, Anderson Andrade, oferecer bolsa atleta para o rei momo, Marcos Rafael Fermino, que ganhava R$ 600 reais por mês. Difícil será encontrar o tipo de esportes que o rei momo praticava. A PF bem que tentou, mas não conseguiu.


Atleta de peso 

Os bocudos abriram um concurso para ver que tipo de esporte pode ser mais adequado para o nosso rei momo: uns responderam dança de salão, outros “alterocopismo”, chef gourmet, lutador de sumô, e por aí afora. Ganha um pirulito quem acertar.


Na calada da noite

Boa essa tática dos atuais vereadores, já que estão mais sujos que pau de galinheiro resolveram, na contramão da situação em que nosso país se encontra, se autoconcederem um módico aumentinho de 16% em seus vencimentos, retroativo a 2015. Não contentes, suas Excelências levaram de carona a prefeita, os secretários e o Procurador Geral do município. Talvez essa pataquada possa dar mais um empurrãozinho na indignação do povo contra os políticos, especialmente aos maus vereadores que a população varreu da Câmara no último dia 2 de outubro.


Sem generalização

Como toda a regra tem sua exceção, fica o registro daqueles vereadores que não participaram desta farra desmedida, ocorrida na Casa de Leis na segunda e terça-feiras. Vamos apostar na próxima Legislatura, pois os iguaçuenses não merecem uma Câmara que não venha ao encontro dos interesses da população. Podem ter certeza que a cobrança em cima dos próximos vereadores será enérgica e sem tréguas.


“Muy amigo”

Para homenagear o Dia do Médico, a Prefeitura ofereceu um remédio amargo aos profissionais da saúde, implantando o cartão biométrico. Após tantas asneiras cometidas por essa (des)administração, não é de surpreender mais essa com os médicos. Os donos do poder precisam mostrar o porquê de tudo estar indo de mal a pior neste município.


Dia do médico

Nossos parabéns à gloriosa classe dos médicos, que, para nós, todos os dias deveria ser reverenciada, tamanha sua dedicação à vida. Hoje também é motivo de muita alegria para os Bocudos, já que um dos colunistas tem três filhas cursando medicina. Talvez isso justifique os estragos que essa coluna causa, dando muita dor de cabeça às pessoas que gostam de andar fora dos trilhos.


Planilha explosiva

Ontem falamos de uma planilha explosiva em poder de um passarinho que fez delação premiada. Nesta terça, surgiu outra planilha do ex-diretor de obras, dedurando nove vereadores que recebiam “mensalinho” para votar a favor dos projetos do prefeito afastado. Será que eram apenas nove? Claro que não. A próxima lista será estarrecedora e muito esclarecedora.


Pra inglês ver

Enganação de preços. É por essa e outras que cada vez o povo acredita menos nos governantes. Quando a imprensa anunciou a redução do preço dos combustíveis, os consumidores escaldados com as mentiras do gênero, pagaram pra ver e não deu outra, a não ser um jogo de palavras, com nenhum resultado positivo aos consumidores. Com as bravatas do governo, só ganham os especuladores e os acionistas. Na prática nem três centavos por litros baixou, deixando a população de olho nos coitados donos de postos, que se encontram mais perdidos que cego em tiroteio. Exemplo: baixou a gasolina 3,2%, em compensação, o álcool anidro que é adicionado na quantia de 27% na gasolina, aumentou no mesmo instante 13%, anulando a propalada e marqueteira baixa de araque, beneficiando os usineiros que deitam e rolam em cima desse desgoverno temeroso.


Charge do dia

É o macaco Simão homenageando os mestres.

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar