Boca Maldita - 11 de Outubro de 2016

Estilo

Não é só a União que faz a força

A vereadora Nanci Rafain (PDT), mesmo já estando eleita, continua em franca campanha. Primeiro, para garantir a presidência do Legislativo e, caso Paulo Mac Donald seja confirmado como prefeito eleito, garantir a governabilidade por pelo menos dois anos; segundo que, caso Paulo não consiga reverter a impugnação de sua candidatura no TSE, ela é a mais cotada candidata para uma nova eleição pelo PDT, com apoio do Mac e dos demais coligados.

Não está morto quem peleia

Por outro lado, não se iludam pensando que Chico Brasileiro (PSD) está morto. Chico vem de uma eleição na qual conquistou um patrimônio de mais de 54 mil votos. Além disso, sua coligação tem 8 dos 15 vereadores, o que pode lhe garantir a maioria da Casa e, inclusive, a presidência da Câmara, o que seria uma verdadeira rocha no sapato de Paulo Mac Donald, caso venha a assumir a prefeitura.

Herança maldita

Mais um pepino do tamanho de um bonde surgiu nesta terça (11) para a prefeita Ivone Barofaldi descascar: foi a interdição do Pronto Atendimento do Morumbi por suspeita de vazamento de gás e de material radioativo do equipamento de Raio X. Ivone recebeu uma herança maldita e terá que repassar os pepinos e os abacaxis ao futuro prefeito.

Homenagem ao vereador

Depois de 37 dias na prisão, o vereador Zé Carlos reassumiu seus trabalhos na Câmara. E foi homenageado com pompa e circunstância por assessores, amigos e familiares ao som da tradicional música: “o chefe é um bom companheiro, o chefe é um bom companheiro...”. Zé Carlos ainda não está usando a tornozeleira eletrônica, pois o equipamento está em falta. Será que com o adorno os "camaradas" tirarão fotos ao lado do vereador?

Pau nos larápios

Na madrugada desta terça-feira (11), dois marginais levaram uma surra homérica no Jardim Guarapuava. Eles tentaram assaltar uma pizzaria e foram pegos de surpresa por clientes e funcionários do estabelecimento. Os dois levaram uma camaçada de pau, daquelas de dar bicheira como se diz no interior do Rio Grande amado. Um conseguiu fugir todo ensanguentado e o outro desmaiou e precisou ser socorrido pelo Siate. Se a moda pega, e tomara que pegue, essa raça de malfeitores será extinta. Já ouvimos gente dizendo que a moda tem que pegar, também, na Câmara de Vereadores. (A foto é de um ladrão apanhando em São Paulo).

Falar bobagem custa caro

Na última pesquisa de intenção de votos para o segundo turno da eleição para a Prefeitura de Curitiba, o candidato Ney Leprevost (PSD) aparece na liderança, com 37,82% dos votos, enquanto Rafael Greca (PMN) tem 34,20%. A pesquisa é do Instituto Opinião, encomendada pela Rádio BandNews FM. Os votos nulos ou brancos somam 14,12%, enquanto os eleitores indecisos representam 9,75%. Greca estava na frente e caiu porque disse ao vivo e a cores que vomitou quando deu carona a um pobre, devido ao mau cheiro.

Parei de beber depois desta

Um dos Bocudos foi em uma festa em uma bela chácara na área rural de Foz do Iguaçu. Bons amigos, lindas mulheres e comida de primeira, ao estilo de festa que agrada aos escribas da Coluna. Mas, nosso confrade acabou exagerando e encheu a cara de uísque e “ceva” bem gelada. Na hora de ir embora, estava difícil de encontrar o carro, mesmo assim, encarou o desafio de dirigir.
Ao chegar na BR o Bocudo viu um monte de luzes piscando e achou que era uma Rave, porém, depois percebeu que era uma blitz. Com o coração na mão o Bocudo ainda conseguiu pensar: “Vão me pegar mamado, vou levar uma multa pesada, perder a carteira, ter o carro rebocado e ainda posso ser preso”. O parceiro se aproximou devagarinho, desceu do carro sem que nem mandassem e se encostou na lateral para ficar em pé. Quando chegou o patrulheiro para pedir os documentos, um caminhão tombou na outra pista. O PRF mandou o Bocudo embora e foi atender a ocorrência.
Ele foi para casa aliviado, agradecendo a Deus e prometendo que jamais iria beber e depois dirigir. Chegou em casa, fez uma oração e foi dormir aliviado. No dia seguinte foi acordado pela esposa já certo que ia levar uma lavada por ter chegado naquele estado, mas ela apenas fez uma pergunta: "Benhê, o que essa viatura da PRF está fazendo na garagem da nossa casa?

Autódromo em Foz?

Representando a prefeita Ivone Barofaldi, estiveram em Cascavel a secretária de Governo, Arialba Freire e o Secretário de Comunicação Social, João Carlos Del Rios. A equipe foi convidada pela presidente da Fórmula Truck, Neusa Navarro. Na pauta estudos para implantar um autódromo em Foz. A "Dona Neusa" quer ampliar as possibilidades de enriquecimento fácil às custas do dinheiro público. Em Cascavel Edgar Bueno investiu milhões no autódromo. A Fórmula Truck e outras "fórmulas" levam o faturamento e o povo paga a despesa dos investimentos milionários feitos no autorama de riquinho. Foz é uma cidade turística, ao contrário de Cascavel, um autódromo administrado com seriedade, com tabelas de preços realistas como as dos grandes autódromos nacionais pode ser viável. O problema é se for mais uma maracutaia para poucos enriquecerem e o povo pagar a conta.

O sonho não acabou, mas está virando um pesadelo

A bancada que dá sustentabilidade ao presidente Michel Temer está começando a dar sinais de profunda insatisfação com a morosidade para a troca das diretorias da Itaipu Binacional. Cada aspirante a uma das diretorias mensura as perdas políticas a cada mês que se passa, pois os cargos, além da importância que trazem em si, têm ainda o status, os convites sociais, os compromissos políticos, as viagens nacionais e internacionais, que dão todo o glamour disputadíssimo por aliados e adversários. Para o PT que diziam que o partido está morto, quanto mais demorar, melhor. Como são poucas diretorias e muitos aliados ávidos pelos cargos, pode ser melhor deixar como está, pois sempre serão poucos os contentes e muitos os contrariados...

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar