Debate na Unioeste

Além de um debate de qualidade, sem agressões e com propostas bem discutidas, louvável foi a iniciativa e a organização da Unioeste, que estava com o auditório lotado de alunos e professores participativos e preocupados com os rumos da cidade. Cada candidato apresentou o seu melhor. Sérgio Barros (PSB), como sempre mais atrapalhado que cego em tiroteio, não conseguiu responder satisfatoriamente o que lhe foi perguntado; Chico Brasileiro (PSD), manteve a atuação do debate anterior, mostrando propostas e conhecimentos em todas as áreas da máquina; Phelipe Mansur (Rede), se mostrou muito preparado para o debate, apresentando com clareza suas propostas, porém, sempre muito crítico com a forma com que a cidade foi conduzida por todos os prefeitos anteriores; Paulo Mac Donald, menos nervoso, continua insistindo que é o prefeito que mais fez por Foz, e que não há dentre os mais de 200.000 habitantes ninguém com condições e competência comparável à dele para administrar a cidade.

Leia mais...

Debate na Unioeste terá cadeira vazia

Hoje tem debate entre os cinco candidatos a prefeito na Unioeste. Ou seria entre os quatro? A previsão de início está marcada para às 19 horas. Uma das cadeiras estará vazia porque o candidato Tulio Bandeira (PROS) foi preso na manhã desta terça-feira (14) acusado de participar de uma organização criminosa no Mato Grosso.

Leia mais...

O Livro Negro

Tão logo Eduardo Cunha tomou o choque de realidade e se deu por conta que seus aliados o traíram quase na totalidade, já saiu atirando para todo lado e avisou que vai lançar um livro. Na futura obra editorial, serão dados nomes aos bois, segundo Cunha e sua história será contada, em detalhes. Que efeito tem uma surra de "criar bicheira" como se diz no interior do Rio Grande amado. Seus antigos aliados, alimentados fartamente na inesgotável teta da pilantragem, não tiveram dó nem piedade. Valeu o velho ditado: "Rei posto, rei morto".

Leia mais...

Começou a guerra na TV

Esta semana começou a guerra na TV entre os candidatos a prefeito de Foz do Iguaçu. Nas redes sociais o conflito estava ocorrendo desde o início da propaganda eleitoral gratuita. Agora os candidatos começaram a baixaria na TV. Quem tem levado mais chumbo é o pedetista Paulo Mac Donald Ghisi, que foi atacado pelos demais candidatos em função dos processos a que responde. No decorrer da semana a pauleira será geral.

Leia mais...

O Roni está de sacanagem...

Assim fica difícil fazer com que determinados políticos da Terra das Cataratas compareçam às reuniões do Conselho de Desenvolvimento de Foz do Iguaçu - CODEFOZ. O bem intencionado presidente do Conselho optou por fazer uso das confortáveis instalações gentilmente cedidas pela valorosa Polícia Federal, para que a entidade pudesse bem receber aos parceiros e público, e também, para garantir a economia com a locação de um espaço adequado para as reuniões. A que foi especialmente desenvolvida para analisar as propostas dos candidatos à prefeitura de Foz nos fez sentir falta da presença daqueles que almejam uma cadeira no Legislativo. Em época de Operação Pecúlio, Roni, é querer demais que certos políticos tenham peito de aparecer logo na PF...

Leia mais...

Os novos e os velhos

Os Bocudos estavam comentando essa febre do tal de Pókemon Go. Um monte de marmanjos andando que nem zumbis pelas ruas, caçando bichinhos que nem existem. Deixam de trabalhar e até mesmo de cuidar das esposas, namoradas e outras... Já os Bocudos são das antigas mesmo. Nós ainda estamos no tempo do Bob Esponja...

Leia mais...

Debate ou combate?

Noite fria e debate morno, como os Bocudos já previam desde o início. A desopilação do fígado, prometida por Paulo Mac Donald acabou ficando só na conversa. Phelipe Mansur e Tulio Bandeira é que acabaram "desopilando o fígado" para cima do candidato do PDT. De resto foi um desfile de falta de propostas e muito rancor, que em nada contribuiu para ajudar a formar uma opinião junto aos eleitores, exceto que Foz está mal de candidatos.

Leia mais...

Mais Artigos...