Em Cornélio Procópio, policiais militares apreendem armas de fogo e conduzem quatro à delegacia

Polícia & Trânsito
Ferramentas
Estilo

CORNÉLIO PROCÓPIO - PR - Duas armas de fogo, sendo uma submetralhadora, além de demais objetos, foram apreendidos por policiais militares do 18º Batalhão de Polícia Militar (18º BPM), pertencente ao 2º Comando Regional da PM (2º CRPM), no início da madrugada de sexta-feira (01/09). A ação aconteceu em Cornélio Procópio (PR), no Norte do estado, e quatro pessoas, uma delas foragida da justiça, foram conduzidas à delegacia.

De acordo com informações do setor de Relações Públicas do batalhão, um veículo Citroen C4 estava sendo usado por uma quadrilha para cometer diversos crimes, como roubos e tráfico de drogas. Por volta das 00h15, os policiais abordaram um carro do mesmo modelo no cruzamento das Ruas Anchieta e Santos Dumont.

Após uma vistoria no automóvel, onde estavam quatro pessoas, os militares estaduais encontraram uma submetralhadora calibre 380; uma pistola calibre .22; um rádio comunicador; quatro aparelhos celulares; duas toucas balaclavas e peças de roupas.

Durante consulta no sistema a equipe da PM verificou que os abordados tinham passagens por roubo, receptação e porte de arma, sendo que um deles era foragido da justiça. Os envolvidos foram levados, juntamente com as apreensões, à Delegacia de Polícia Civil.

Reportagem: Marcia Santos, Colaboração Mahara Paola – Auxiliar de Comunicação
Foto: 18º BPM

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar