PF combate tráfico internacional no sul do País

Polícia & Trânsito
Ferramentas
Estilo

CHUÍ - RS - A Polícia Federal deflagra na manhã desta quarta-feira (9) a Operação Anjos da Praia, para combater o tráfico internacional de drogas na região sul do Rio Grande do Sul. Mais de 70 policiais federais cumprem 15 mandados de busca e apreensão, seis mandados de prisão e sete de condução coercitiva, nos municípios gaúchos de Santa Vitória do Palmar, Rio Grande, Pelotas, Camaquã, Novo Hamburgo, Estância Velha e em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Também foram determinados pela Justiça Federal o sequestro e a indisponibilidade de bens dos investigados. A Operação Anjos da Praia teve início em novembro de 2016 após diligências preliminares da Polícia Federal no Chuí indicarem a possível prática dos crimes de tráfico internacional de drogas na região. Informações apontaram que um grupo denominado “anjinhos da praia” se reunia em uma cabana alugada no Balneário do Hermenegildo, em Santa Vitória do Palmar, para planejar o envio de drogas para o Uruguai durante a temporada de verão.

A investigação demonstrou que as cidades de Santa Vitória do Palmar e Chuí serviam como entrepostos para a inserção e distribuição do entorpecente no país vizinho. Em contrapartida, a mesma estrutura criminosa organizada para enviar as drogas seria utilizada para introduzir armas de origem estrangeira no território brasileiro.

Durante os nove meses de investigação, foram realizadas seis prisões em flagrante e apreendidos aproximadamente 650 quilos de maconha e 70 quilos de cocaína, em ações da Polícia Federal que contaram com o apoio da Receita Federal, da Brigada Militar, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Nacional uruguaia.

Os envolvidos irão responder pelos crimes de tráfico de drogas e de armas, formação de organização criminosa e lavagem de capitais, perante a Justiça Federal de Rio Grande e perante a Justiça Estadual da Comarca de Santa Vitória do Palmar.

Foto: Arquivo PF

 

Adicionar comentário

Os comentários não representam a opinião do Jornal/Portal do Iguassu, sendo de total responsabilidade de seus autores. Os usuários do Portal podem comentar os artigos e os comentários de outros usuários. Não há um limite preestabelecido de comentários por artigo, no entanto, os moderadores podem, a qualquer momento, encerrar os comentários, se um determinado artigo estiver causando discussão exagerada ou fora do assunto tema.
Palavra ofensivas, de baixo calão ou desrespeitosas, ocasionarão o bloqueio do IP do usuário. Usuários bloqueados, cujo acesso se der através de redes corporativas, provocarão o bloqueio de toda a rede, impedindo o acesso dos demais usuários. Uma vez bloqueado, o IP só será liberado após identificado o usuário que tiver infringido as regras de postagem.


Código de segurança
Atualizar